Veja valores da indenização do DPVAT e como funciona o pagamento

O seguro DPVAT é obrigatório para todos os proprietários de veículos no Brasil, podendo ser eles de duas, quatro rodas ou mais. O valor pago anualmente é usado para indenizar vítimas de trânsito com diferentes graus de gravidade e é pago a todos os envolvidos independente de culpa. Os valores da indenização variam de acordo com o dano. Saiba quais são a seguir.

Como funciona o DPVAT?

A sigla do seguro obrigatório quer dizer Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre. Mas todos conhecem como DPVAT, um seguro a ser pago no primeiro trimestre de cada ano juntamente com o IPVA. 

Seguro DPVAT 2018 MG ou dos outros estados é gerido pela Seguradora Líder. A cobrança em parcela única é de responsabilidade da Secretaria da Fazenda, assim como do IPVA. Não pagar é deixar o veículo ilegal e não pode renovar seus documentos, podendo ser apreendido. 

O funcionamento deste seguro é bem simples de compreender. Ele deve ser acionado pela vítima (ou seus herdeiros em caso de falecimento) em até três anos. Este prazo não é prorrogável. A vítima deve entrar em contato com a seguradora líder comprovando ter tido alguma lesão (permanente ou não) em decorrência do acidente.

O que cobre o Seguro DPVAT?

Todas as vítimas envolvidas com algum dano à saúde pode requerer o pagamento do seguro DPVAT. Apenas os motoristas pagam mas todos os envolvidos, dentro do carro ou não, podem receber o valor se tiveram alguma lesão provisória ou permanente.

Nenhum bem material é coberto pelo DPVAT, apenas à saúde. Isso vale para uma fratura, machucado ou algum tipo de tratamento necessário. Lesões permanentes como amputação, paralisia dos membros e afins são cobertos também. 

Pedestres, motoristas, comerciantes próximos que tenham sido atingidos por um veículo… todos podem solicitar o pagamento da indenização do seguro obrigatório. E ao contrário do que alguns advogados divulgam por ai não necessita de intermediação esse pedido. Pode ser feito por você mesmo se for a vítima. 

Valores do Seguro DPVAT

Os valores de indenização a serem recebidos pela vítima depende do seu tipo de lesão. O máximo pago atualmente é de R$ 13.500 referente a danos considerados gravíssimos como cegueira completa, lesões neurológicas, lesões cervicais, perda de dois membros ou mais. 

Os danos considerados menores recebem um valor inferior. Perda de apenas um dos membros, por exemplo, gera um pagamento de R$ 6.750. Já um dano menor como amputação parcial de um dedo é de R$ 1350. A perda total de uma mão permite recebimento de uma indenização de R$ 9.450.

Todos os casos são avaliados com laudos médicos oficiais para a liberação do valor. Sem documentação comprovando o acidente não haverá pagamento.

A indenização do DPVAT já gerou muita polêmica porque para o tipo de perda da vítima é de fato uma soma baixa para um tratamento. Contudo, receber este dinheiro não impede a vítima de buscar o culpado para uma maior indenização e nem outros meios de conseguir renda como aposentadoria por invalidez no INSS.

Alguma dúvida? Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *